O Botafogo acabou derrotado pelo Gonçalense, clube da Série B do Campeonato Carioca, pelo placar de 1 a 0, neste sábado, em jogo-treino disputado em Várzea das Moças, localidade de Niterói-RJ. Porém, o marcador adverso no primeiro teste da temporada foi minimizado por Marcelo Mattos. O volante pediu paciência aos torcedores e projetou a Estrela solitária “na ponta dos cascos” em dez dias.

“A derrota é normal. A gente sentiu muita dificuldade, principalmente na parte física. Quando você está bem, acaba desempenhando um bom papel taticamente. Porém, sofremos com o calor. Com o passar dos dias, vamos melhorando. Acredito que, dentro de dez dias, estaremos na ponta dos cascos”, avaliou Mattos.

Adiante, o volante, um dos remanescentes da última temporada, disse esperar uma temporada difícil. Porém, mostrou acreditar na mescla entre juventude e experiência para que a formação de General Severiano trilhe uma boa jornada no Campeonato Carioca e conquiste o retorno à elite do Brasileiro.”Sou um dos mais velhos do elenco, junto com o Jefferson. Por isso, tenho que assumir a responsabilidade. Conheço bem o Botafogo e vou passar muitas coisas para os jogadores. Vou até o meu limite, farei o que puder. Será um ano difícil, complicado, mas tenho certeza que com o nosso trabalho tudo dará certo”, garantiu o volante.

De folga neste domingo, o Botafogo volta aos trabalhos na segunda-feira, projetando o amistoso contra o Shandong Luneng, clube chinês dirigido por Cuca e que conta com os brasileiros Vagner Love, Aloísio e Júnior Urso em seu elenco – além do argentino Montillo. O duelo internacional está agendado para o dia 24 de janeiro, sábado, no Engenhão, com portões fechados, por causa das obras inconcluídas no entorno do estádio.

Fonte: ESPN.com.br e Gazeta Esportiva