Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 00:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Mauro Cezar diz que há ‘desinformação’ sobre Botafogo na imprensa e revela: estava na torcida do Fogão no Pacaembu em 95

0 comentários

Compartilhe

Mauro Cezar Pereira
Reprodução/YouTube

Um dos jornalistas mais controversos e comentados da imprensa esportiva brasileira, Mauro Cezar Pereira, da ESPN Brasil, revelou que há um certo menosprezo e também muita “desinformação” em setores da mídia quando o assunto é Botafogo. Ele participou de um bate-papo com o jornalista alvinegro Thiago Franklin no Youtube na noite desta terça-feira.

– Não gosto de falar “a” imprensa esportiva, porque há diferentes profissionais. Algumas pessoas da imprensa esportiva, gente de outros estados, menosprezam, sim, o Botafogo, é o que eu sinto. Olham o Botafogo como se fosse um clube menor. Isso em parte é culpa do próprio Botafogo, por ter permitido que suas gestões no passado tivessem levado o clube a essa situação de investimentos limitados, times fracos, etc… Mas isso não justifica, porque outros clubes passaram por isso, como o Santos, por exemplo. Acho que há muita desinformação, acaba falando algum lugar-comum, esse tipo de coisa – opinou.

Muito criticado por parte da torcida do Botafogo, Mauro Cezar também revelou um fato curioso: estava no Pacaembu no meio dos torcedores do Glorioso na final do Campeonato Brasileiro de 1995, contra o Santos, acompanhando um amigo botafoguense. Mauro foi setorista do Botafogo entre 1992 e 1993, quando trabalhava no Jornal do Brasil, e conhecia muitos dirigentes e integrantes da comissão técnica à época.

– Eu já morava em São Paulo, o Ricardo (amigo) veio de Niterói para cá, comprei os ingressos durante a semana e fomos para o jogo. Depois do jogo dei um jeito de entrar no campo, ir no vestiário, conhecia roupeiro, médico, massagista… Ganhei uma camisa do Botafogo, que dei para o Ricardo e ele tem ela até hoje. Se tivesse rede social na época, iria aparecer foto minha na torcida do Botafogo e iriam falar: “Mauro Cezar é botafoguense” – brincou Mauro, completando:

– Foi um dia superlegal, eu torci para o Botafogo. No gol, fui abraçado, todo mundo chorando… Eu e o Ricardo nos conhecemos num jogo America x Guarani na geral do Maracanã. Não me arrependo nem um pouco (de ter ido ao Pacaembu), faria tudo de novo. Aí falam que eu não gosto do Botafogo… Isso é uma besteira colossal.

Veja o vídeo do bate-papo na íntegra:

Fonte: Redação FogãoNET

Comentários