Após uma saída precoce na Copa do Brasil e outra para o maior rival na Taça Guanabara, ninguém esperava que o Botafogo levantaria a taça de campeão carioca. Além disso, o clube foi representado na Seleção FutRio por Rodrigo Lindoso com o prêmio de melhor volante. Ele se mostrou muito feliz em repetir a dose, já que, em 2015, havia conquistado a honraria jogando pelo Madureira, mas ressaltou que ainda tem muita temporada pela frente e que o Botafogo tem muito a crescer.

– Fiquei muito feliz com esse prêmio, já o havia conquistado pelo Madureira em 2015. É um reconhecimento do nosso trabalho. Começamos um ano meio turbulento, mas demos a volta por cima e conquistamos o campeonato com muitos méritos. Trabalhamos muito forte para isso. Mas agora é seguir em frente. Começamos outras duas competições em uma semana, conseguimos uma vitória fora na Sul-Americana e empatamos contra um dos melhores times do Brasil no Brasileiro. Ainda tem muita coisa para acontecer, mas se nos focarmos bastante, vamos fazer um grande ano – afirma.

Mesmo em um grupo onde há Jefferson, ídolo máximo da torcida no atual elenco, e o xerifão Carli, é Rodrigo Lindoso que é o atual capitão do Botafogo. Ele se disse honrando em ter a braçadeira alvinegra, mas deixou claro que o Glorioso tem vários líderes no seu elenco:

– Já havia sido capitão no Madureira, é uma responsabilidade bem maior ser capitão no Botafogo. Mas eu gosto de responsabilidades. Fico feliz de estar com a braçadeira em um elenco que tem Jefferson, Carli, João Paulo… Mas nosso grupo tem vários líderes. Conversamos muito, não existe vaidade. Todos buscamos ajudar os mais novos que vão chegando ao clube – frisou.

O Botafogo volta a campo na próxima segunda-feira (23), às 20h, quando enfrenta o Sport (PE), na Ilha do Retiro, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Fonte: FutRio