Os nove gols marcados por Erik em 2019 deixaram o atacante como o artilheiro da Estrela Solitária na temporada. Porém, destes tentos, apenas um foi no Brasileirão. Ao invés de lamentar a seca, o atacante do Fogão enalteceu o trabalho coletivo da equipe de Eduardo Barroca.

“A parte coletiva é muito importante porque me faz crescer como atleta, principalmente para grandes objetivos futuros que eu tenho que é de jogar na escola europeia”, afirmou em entrevista ao GloboEsporte.com.

“Não adianta eu fazer gols e nós perdermos. Prefiro contribuir, mesmo sem marcar gols, para sairmos vitoriosos dos confrontos”, concluiu.

A queda no número de gols de Erik pode também ser associada à melhora de Diego Souza. O centroavante voltou a ser decisivo, com dois gols nos últimos cinco confrontos do Botafogo.

Fonte: Onefootball e Globoesporte.com