Pretendido pelo Atlético-MG, o zagueiro Igor Rabello não está com seu futuro totalmente definido rumo a Minas Gerais. As negociações com o Botafogo chegaram a ter um avanço, mas o acerto com o clube carioca ainda não ocorreu. Uma possível transferência para o exterior deixou a negociação parada há uma semana.

Depois de ver sua primeira proposta negada pela equipe de General Severiano, a diretoria do Galo fez uma nova procura e deu sua última cartada para levar o jogador. Nela, o Atlético-MG mostrou-se disposto a pagar R$ 15 milhões, além de envolver o também zagueiro Gabriel no negócio. A princípio, a proposta agradou, e as partes se aproximaram de um acordo. Contudo, a abertura da janela internacional aumentou a expectativa do Botafogo para conseguir um montante ainda maior para liberar seu atleta.

As principais janelas de transferências para a Europa se abriram já neste início de ano. Países como França, Alemanha, Inglaterra, Itália e Espanha são alguns exemplos. E é esse mercado de janeiro que está travando algum acerto do Atlético com o Botafogo. Acreditando que Rabello tem espaço para servir um bom clube no velho continente, o estafe do jogador vê com bons olhos uma eventual mudança para o exterior.

Se a negociação com o Galo for concretizada, a diretoria terá uma ajuda para trazer o zagueiro. Ricardo Guimarães, do BMG, e Rubens Menin, da MRV, conselheiros beneméritos e patrocinadores do clube, serão os parceiros do clube no negócio. O Botafogo, por sua vez, vive situação delicada fora de campo e a venda do zagueiro é vista como fundamental para o clube.

Até o momento, o Atlético já anunciou o zagueiro Rever, que retorna ao clube após três anos, e o lateral direito Guga, que chega do Avaí. Apesar de ainda não ter confirmado, a diretoria alvinegra também tem tudo acertado com o volante Jair, do Sport.

Fonte: UOL