O Botafogo definiu neste sábado (23), a efetivação de Felipe Conceição como novo técnico da categoria profissional. Formado nas categorias de base do clube como jogador, o ex-atacante atuou entre 1997 e 2001. Como treinador, retornou a General Severiano em 2013, onde treinou a equipe Sub-15 e Sub-17. Felipe Conceição foi promovido ao profissional em 2016 e passou a exercer a função de auxiliar-técnico. A escolha faz parte do novo modelo de integração entre base e profissional.

O presidente eleito, Nelson Mufarrej, concedeu entrevista exclusiva à SUPER RÁDIO TUPI. Inicialmente ele explicou como foi a decisão tomada pela diretoria.

– Depois de uma conversa telefônica comigo, Gustavo Noronha e o Anderson Barros, pedi que eles conversassem a respeito do Felipe Conceição. Entendemos que temos que prestigiar a nossa prata da casa e reforçar a interação com a base, o Centro de Treinamento com o profissional. Foi escolhido o nome dele e ele será o nosso treinador a partir do dia 3, quando o time se reapresentará. Temos confiança plena no trabalho do Felipe – disse Mufarrej.

Ainda vice-presidente geral, Mufarrej também informou que o Botafogo ainda aguarda o pagamento por parte do Santos da multa rescisória de R$ 800 mil para liberar o técnico Jair Ventura.

– Ontem o Jair se reuniu com a gente e fez essa colocação, dizendo que o Santos vai nos procurar para fazer o pagamento da multa. Estamos aguardando. Pelo que conversei hoje com o Carlos Eduardo Pereira, ainda não recebemos o telefonema do Santos e estamos aguardando. Esperamos que tudo corra bem e que possamos receber o valor da multa integralmente como previsto no contrato – afirmou Mufarrej.

Fonte: Super Rádio Tupi