O Grêmio Osasco, que tem Vampeta na presidência e recentemente foi rebaixado à Série A-3 do Campeonato Paulista, ultrapassou neste mês a marca de 10 mil sócios-torcedores. O número coloca o clube, inclusive, à frente do Botafogo, de acordo com números do Movimento Por Um Futebol Melhor, que contabiliza os associados dos times brasileiros.

“O futebol é movido pelo sucesso, ainda mais agora o time está na semifinal do Paulista Sub-20, feito histórico, fundado em 2007 e passamos a uma semifinal de paulista e isso ajuda a alavancar bastante”, disse ao ESPN.com.br o diretor de relações institucionais do time de Osasco, Nei Teixeira.

O Grêmio Osasco está, de acordo com o ranking, com 10.117 sócios-torcedores, e se tornou o 17º clube do Brasil a alcançar essa marca. Só que os outros 16 times ou são de expressão ou disputam espaço constante na elite do futebol brasileiro. O Botafogo, atualmente, possui apenas 8.589 associados, conforme consta no Movimento Por Um Futebol Melhor.

“O Grêmio Osasco foi fundado por pessoas da cidade, personalidades que colaboram sempre com o projeto desde o início. Eu, o Yamada, ele mesmo jogando em outras equipes, e o Vampeta, que tem seis anos no clube. Temos uma relação muito próxima, por esse histórico desde a fundação”, continuou Nei Teixeira.

“As categorias de base são formadas por atletas da região. Nos times de sub-11 até o sub-17, 90% são de atletas ou de Osasco ou de cidades vizinhas. O nosso sonho de consumo é ter um time 100% da cidade ou 100% da região”, explicou ainda o dirigente da agremiação de Osasco.

Atualmente, o ex-jogador Vampeta é o presidente do Grêmio Osasco e tem se dedicado inteiramente à função. Com o time na semifinal do Paulista Sub-20 e o apoio agora do Audax, que também está na cidade de Osasco e disputa a primeira divisão estadual, a tendência é que o número de sócios-torcedores cresça ainda mais.

“Como temos muita ação com os patrocinadores, temos apoio forte das empresas da cidade e temos um plano corporativo, convênio com a prefeitura, e o próprio Bradesco tem nos ajudado, aí geramos ações na região. Com tudo isso e outros processos corporativos, acreditamos que podemos dobrar isso em seis meses”, finalizou Nei Teixeira.

Fonte: ESPN.com.br