Na luta por uma vaga, Alex quer gol para ganhar moral e homenagear esposa

Compartilhe:

Depois da lesão na coxa esquerda de Elias, o técnico Oswaldo de Oliveira ainda não conseguiu encontrar a sua referência no ataque do Botafogo. Observações não faltaram. Alex, Henrique, Sassá e Bruno Mendes (apenas no decorrer dos jogos) receberam oportunidades, mas nenhum deles conseguiu balançar as redes e convencer que deveria permanecer.

Na última rodada, na vitória sobre o Atlético-MG por 1 a 0, no Maracanã, Alex teve a chance. Agora, ele espera uma sequência para tentar se firmar. O atacante sabe que fazer um gol o deixaria em vantagem na disputa, além de ter um gosto especial, já que deseja homenagear sua esposa, Ingrid Perni, que está grávida do primeiro filho do casal. 

– Cada momento o Oswaldo utilizou alguém com uma característica diferente. Uma hora quis mais velocidade, outra alguém mais fixo, mas realmente tem sido um rodízio. Espero agarrar minha chance e ter uma sequência. Estou em busca deste gol, quero presentar minha esposa. Vou pensar em uma comemoração legal. Ainda não sabemos se vai ser menina ou menino, depois que vamos pensar em um nome. Na hora certa o gol vai acontecer, sem ansiedade, sem pressão. Mas o Botafogo vencer está sempre em primeiro lugar – disse ao GLOBOESPORTE.COM.

Os resultados do fim de semana favoreceram o Bota, que conseguiu o objetivo de voltar a ser o segundo colocado novamente, já que Grêmio e Atlético-PR não venceram. Alex espera que a equipe faça uma boa preparação durante esta semana e consiga um bom resultado contra o Goiás, domingo, no Serra Dourada, para manter a posição na tabela.

– Os resultados nos favoreceram, e cada vez mais dependemos de nós. Será muito importante se conseguirmos três pontos nesse jogo contra o Goiás. Agora temos uma semana para trabalhar, coisa que não acontecia há muito tempo. Independente de nosso adversário estar dividido com a Copa do Brasil, nós vamos com força total.

Revelado no Glorioso, Alex passou um período nos Emirados Árabes mas sabe bem o que a conquista de uma vaga na Libertadores representaria para o clube para a torcida. Ele acredita que desta vez o time não vai deixar escapar no fim esta oportunidade.

– Só dependemos de nós para conquistar a vaga. Estamos há três anos batendo na trave, sempre tem faltando algo, mas agora vai ser diferente. Estamos concentrados nesse objetivo, estamos muito fortes. Queremos o mais rápido possível consolidar essa vaga, que seria muito importante para nós e para o clube.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários