O botafoguense, superticioso, vai curtir. O dia 23 de agosto é marcante na história do clube. Dupla de ataque mais bem sucedida das últimas décadas, Túlio e Donizete comemoram 20 anos da primeira vez que jogaram juntos, contra o Paysandu, pelo Brasileirão 1995, ano em que o alvinegro sagrou-se campeão. Coincidência do destino, o mesmo alvinegro enfrenta o mesmo “Papão da Curuzu” pela Série B do Brasileirão na mesma data, duas décadas depois.

Túlio já estava no Botafogo desde 1994, e Carlos Augusto Montenegro, presidente da época, procurou por quase um ano um companheiro de ataque para o artilheiro. Ronaldo, Bebeto, Edmundo, Valdeir e até o argentino Cannigia foram cogitados, mas o Botafogo acabou fechando negócio em julho de 1995 com Donizete, que tinha sido herói do Campeonato Mexicano pelo Estudiantes Tecos, no ano anterior.

A estreia da dupla aconteceu na segunda rodada do Brasileirão daquele ano e não teve grande público. Menos de 2.500 pagantes foram até o Caio Martins para ver o jogo, que terminou 3 a 1 para o Botafogo: três gols de Túlio Maravilha, com três assistências de Donizete, que ganharia futuramente o apelido de Pantera.

O jogo de 2015, que recoloca as duas equipes frente a frente 20 anos depois, é válido pela 20ª rodada da Série B e, ao contrário de 1995, terá casa cheia. A torcida do Botafogo esgotou todos os ingressos para a partida, que acontece no estádio Nilton Santos.

O botafoguense pode ter um domingo cheio no dia do aniversário da dupla Túlio e Donizete. O jogo pela Série B acontece pela manhã, às 11h, com acompanhando em tempo real do ESPN.com.br. Mas, se quiser reviver as emoções de 1995, quando foi campeão brasileiro, o perfil @obotafogode95 no twitter narra “em tempo real”, só que 20 anos atrás, o dia a dia da conquista do Botafogo naquele ano.

A estreia da dupla será narrada a partir das 21h, mesma hora do Botafogo x Paysandu de 20 anos atrás. Mas, desculpe avisar, você já leu o spoiler: 3 a 1 para o alvinegro, com três belos passes do Pantera para o Maravilha.

Fonte: ESPN.com.br