O bom desempenho de Bruno Rangel na estreia da Chapecoense na elite do futebol brasileiro despertou o interesse do Botafogo, que entrou em contato com Anderson Nasralla, empresário do jogador, para oferecer um contrato de até dois anos. Vinculado ao Verdão do Oeste até o fim de 2015, o atacante aguarda a liberação do clube catarinense, ainda mais porque deve perder espaço ante as contratações de Roger e William Barbio, reforços no setor ofensivo.

Mesmo assim, o atacante demonstrou preferência por cumprir seu contrato com a Chape até o fim.

“Quero esclarecer essa situação em relação ao Botafogo. Existe sim uma proposta do Botafogo, mas eu tenho contrato com a Chapecoense até o final de 2015 e estou focado par fazer uma boa temporada na Chapecoense. Segunda-feira estarei em Chapecó para me apresentar ao clube, com os outros jogadores. Para que a gente possa fazer um grande ano pela Chapecoense”, afirmou o jogador em entrevista ao Jornal do Almoço de Chapecó.

No debute da Chapecoense na Série A, Rangel balançou as redes três vezes nas 20 partidas em que atuou. Em 2013, na campanha de acesso, ele foi o artilheiro da Série B, com 31 gols. Natural de Campos, no Rio de Janeiro, e ir para o Botafogo seria uma chance de Rangel atuar em sua cidade natal, apesar de a equipe ter sido rebaixada para a segunda divisão. Nasralla garantiu que segue negociando com o gerente de futebol do Glorioso, Antônio Lopes, e primeiro vai tentar fechar com os cariocas para depois tentar a liberação com o Verdão.

Enquanto isso, o gerente de futebol do clube do oeste, Cadu Gaúcho, afirmou que a diretoria da Chape só sabe das negociações através da imprensa, mas que dependendo da oferta, não teriam problema em liberar Rangel.

“Vamos aguardar, mas ele tem contrato conosco até o final de 2015 e contamos com ele”, comentou Gaúcho.

Fonte: ESPN.com.br e Jornal do Almoço