O holandês Clarence Seedorf fez história ao encerrar sua carreira no futebol brasileiro, mais precisamente, no Botafogo. Marido de uma brasileira, o craque nunca escondeu sua vontade de atuar no Brasil e assim o fez, regendo com maestria o Alvinegro de volta à Libertadores. Hoje na comissão técnica do Milan, o ídolo não escondeu o carinho pelo ex-clube, mas deixou claro que não torce para o Glorioso, e sim para que o futebol brasileiro evolua.

Perguntado sobre sua torcida para o Botafogo, em evento da Heineken no Rio de Janeiro, o ex-craque aproveitou para falar sobre o Bom Senso FC, grupo que apoiou enquanto jogador do Alvinegro.

“Eu não torço para o Botafogo, eu não tenho tempo de torcer para todos os clubes que passei, bem que gostaria, mas eu espero que o Botafogo vá bem, espero que possa voltar para a Série A, porque é lá que o clube merece estar. A minha preocupação, a minha torcida é que o futebol brasileiro possa melhorar, que o Bom Senso FC, que começou, possa melhorar, ser complementado, aplicado de fato, estabeleçam um calendário diferente, melhor, que haja condições financeiras melhores para os clubes, para isso que estou torcendo realmente”, disse Seedorf.

Com ou sem a torcida especial do “Seedão”, o Botafogo enfrenta seu “xará” Botafogo-PB, pela Copa do Brasil, nesta quarta-feira, às 19h30, no Engenhão.

Fonte: ESPN.com.br