Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Série B

13/06/21 às 16:00 - Raulino de Oliveira

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Remo
REM

Série B

05/06/21 às 21:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

2

X

0

Escudo Coritiba
CTB

Série B

28/05/21 às 21:30 - OBA

Escudo Vila Nova
VLN

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Nas mãos da zaga! Não levar gols em Buenos Aires pode garantir vaga do Botafogo

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Apesar da derrota por 1 a 0 para o Unión Española, na quarta-feira passada, a situação do Botafogo para conseguir a vaga nas oitavas de final não é tão dramática. Uma vitória ou empate – caso o Independiente del Valle, que enfrenta o Unión, no Chile, não vença por dois gols de diferença – diante do San Lorenzo, em Buenos Aires, podem garantir o Glorioso.

Sabendo disso, o técnico Eduardo Hungaro promete entrar no Nuevo Gasómetro com bastante cautela e tentará sair da partida sem sofrer gols. Para obter êxito na missão, ele testou o volante Airton na equipe titular pelo segundo dia consecutivo.

No sábado, Airton ocupou o lugar de Jorge Wagner, liberado para acompanhar o nascimento da filha. Domingo, entrou no lugar do atacante Wallyson, formando um trio de volantes com Gabriel e Bolatti, em parte da atividade realizada no campo anexo do Engenhão.

De volta à equipe após cumprir suspensão, o volante Gabriel sabe da responsabilidade que terá na partida em solo argentino e demonstrou apoio aos testes de Hungaro.

– São alternativas que o professor está usando para termos mais formas de jogar. Independentemente de dois ou três volantes, estamos acostumados. Começamos o ano com três. São alternativas para termos uma boa atuação na quarta. Estamos trabalhando em cima de como o San Lorenzo joga. Tenho certeza que vamos jogar bem organizados e voltaremos classificados – afirmou o meio-campista de 21 anos.

Famoso pela vitalidade nas divididas e pela força excessiva em algumas entradas, Airton já foi defendido por Eduardo Hungaro diversas vezes durante a temporada. Na Argentina, ele terá mais uma chance de justificar a aposta do treinador. Basta ajudar o Alvinegro a conseguir a tão sonhada vaga nas oitavas de final da Copa Libertadores.

Notícias relacionadas
Comentários