Enquanto se prepara para a estreia na Copa São Paulo de Futebol Júnior, Neilton vê seu nome pipocar no mercado da bola, já que o contrato com o Santos acaba em maio e a renovação não avança.

Como provável última cartada para mantê-lo na Vila Belmiro, o empresário Hamílton Bernard terá uma reunião na próxima semana com um fundo de investidores atuante no mercado brasileiro – que teve o seu nome preservado –, na tentativa de fazer uma manobra para que o atacante fique no Peixe.

A ideia é oferecer 20% dos direitos econômicos de Neilton que pertencem ao clube para que o fundo compre e ainda participe do pagamento dos salários do jogador. O time da Vila Belmiro, após isso, ficaria com 50%.

Nas últimas semanas, o LANCE!Net mostrou que o Alvinegro ofereceu um novo contrato de quatro anos, com R$ 100 mil de luvas. O salário, porém, pularia de R$ 9 mil para R$ 30 mil, o que desagrada o atacante de 19 anos e o agente.

Caso não consiga o negócio, a tendência é que Neilton force a saída após a Copa São Paulo, com o depósito de uma compensação ao Peixe por um dos clubes interessados. Em entrevista à rádio Brasil, do Rio de Janeiro, o jogador elogiou o Fogão e disse que aguardava a definição das negociações.

Fonte: Lancenet!