O Botafogo terá uma recepção especial na chegada a Guaiaquil. Além dos jornalistas que aguardam a delegação, Manga, maior goleiro da história do clube e que vive no Equador há mais de trinta anos, veio prestigiar os jogadores do atual elenco.

Muito assediado no local, Manga foi cumprimentado por equatorianos que passavam pelo aeroporto. Apesar de ser ídolo alvinegro, ele não quis cravar a vitoria do Glorioso diante do Deportivo Quito, nesta quarta-feira:

– Não se sabe se vencerá, porque são 90 minutos no campo. Acho que vence o melhor em 90 minutos. Tem que estar atento nas jogadas. Espero que o Botafogo faça uma boa apresentação.

Na altitude, uma das maiores complicações é a velocidade da bola. Manga aproveitou para dar algumas dicas a Jefferson:

– Já joguei a 4 mil metros na Bolívia pelo Botafogo. É muito difícil, mesmo assim saí vencedor. O arqueiro tem que estar atento, porque ela vem rápido. Vamos esperar e falar com eles para ver o que fazer no campo.

Quarta-feira, a partir de 14h (horário local), está previsto um evento pré-jogo em Quito com a presença do Manga e dos torcedores que viajaram para o Equador com a agência Destino Botafogo. Os alvinegros chegam na noite desta terça-feira em Quito.

Fonte: Lancenet!