Nos últimos anos a diretoria do Botafogo fortaleceu a base, tendo como resultado o surgimento de jogadores muito talentosos, como Gabriel, o zagueiro Dória, atualmente no futebol Francês e o atacante Vitinho, que hoje joga no CSKA Moscou. A Super Rádio Tupi foi ao Engenhão para conhecer mais uma joia da base Alvinegra, o atacante Renan Gorne, de 18 anos. O jovem atleta chegou ao clube com apenas 11 anos e já teve passagem pela Seleção Brasileira Sub-15.

Renan fazia aulas de futebol em uma escolinha em Seropédica, em um jogo contra o time do Botafogo, o atleta se destacou e assim foi chamado para fazer testes no clube.

“Cheguei no Botafogo em 2007, tinha 11 anos, jogava em uma escolinha em Seropédica, um técnico me chamou pra treinar, disse que a escolinha estava fazendo jogos contra times grandes. O primeiro jogo, que foi grande o Botafogo, pude me destacar, fui bem e me chamaram para fazer teste no clube.”

Para o jovem atleta, o momento mais marcante de sua carreira foi no ano de 2011, quando foi convocado para a Seleção Brasileira Sub-15.

“Em 2011, onde pude fazer um ano muito bom, fui convocado para a Seleção Sub-15. Foi meu melhor momento no clube.”

Confira na íntegra

Pessoas importantes para a formação no futebol
“Sempre tive incentivo dos meus pais, me colocaram na escolinha quando eu tinha sete anos. Desde pequeno, me incentivaram bastante. Meu pai diz que desde pequeno, me levava no campo onde jogava bola e todos comentavam que deveria me levar para fazer testes”

Como chegou ao Botafogo
“Cheguei no Botafogo em 2007, tinha 11 anos, jogava em uma escolinha em Seropédica, um técnico me chamou pra treinar, disse que a escolinha estava fazendo jogos contra times grandes. O primeiro jogo, que foi grande o Botafogo, pude me destacar, fui bem e me chamaram para fazer teste no clube.”

Momento marcante no Botafogo
“Em 2011, onde pude fazer um ano muito bom, fui convocado para a Seleção Sub-15. Foi meu melhor momento no clube.”

Responsabilidade de jogar em um time grande
“Desde meus 11 anos que estou no Botafogo. Sempre levei a camisa do clube muito a sério. Sempre tive acompanhamento dos meus pais, me mostrando que é o meu trabalho, meu futuro”

Estádio marcante
“Estádio marcante é o Engenhão, fiz um jogo importante em 2009, onde marquei gol. Espero que no futuro eu possa jogar muitas vezes no estádio. O Maracanã é um estádio que tem uma magia imensa, local em que todo jogador sonha em atuar. Espero que eu possa jogar lá e dá muitas alegrias aos torcedores do Botafogo.”

Dificuldades
“Meus pais sempre me levaram aos treinos, desde o pré- mirim me acompanham. Graças a Deus nunca pensei em parar.”

Sonhos no Botafogo e na Seleção Brasileira
“Botafogo é o clube que me deu a oportunidade no futebol. Sou muito grato ao clube e espero que mais a frente eu possa me tornar profissional, honrar essa camisa que vale tanto ao futebol brasileiro e espero dar muitas alegrias ao clube e a torcida. Se eu tiver indo bem nos jogos, fazendo gol, se eu conseguir me firmar nos juniores ano que vem, ainda sonho com uma vaga na Seleção Olímpica”

Ídolos
“Tento me basear muito na história do futebol. Vejo muitos vídeos do Ronaldo Fenômeno e Romário jogando. São ícones para mim como cento avante – atacante”

Sobre a situação atual do botafogo
“A gente sempre torce para o Botafogo sair dessa situação horrível. Espero que o clube não caia.”

Torcida do Botafogo
“Vou sempre procurar honrar a camisa, as cores do clube. Se Deus quiser vou poder me firmar nos profissionais e dar muitas alegrias ao clube e aos torcedores alvinegros.”

 

Fonte: Super Rádio Tupi