No primeiro jogo após ‘Era Neymar’, Botafogo e Santos duelam

Compartilhe:

Depois de 230 jogos com Neymar no seu ataque, o Santos inicia nesta quarta-feira, às 19h30m (de Brasília), no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, sua vida após a venda do craque para o Barcelona. O adversário é o Botafogo de Seedorf e Cia. Os dois clubes empataram na estreia – O Glorioso com o Corinthians, e o Peixe com o Flamengo – e buscam a primeira vitória no Campeonato Brasileiro.

No Bota, a missão é deixar os problemas financeiros e salários em atraso de lado e dar prosseguimento do bom momento da equipe dentro de campo. Ao contrário da estreia, desta vez os jogadores concordaram em viajar um dia antes da partida para se concentrarem em um hotel. O capitão Jefferson já está com a seleção brasileira e será desfalque.

O Peixe terá como atração principal a estreia de Willian José no comando do ataque. Seu companheiro na frente será o herdeiro da camisa 11 de Neymar, Patito Rodriguez. O técnico Muricy Ramalho tem alguns problemas para escalar seu time.
O SporTV transmite o jogo ao vivo, e o GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances da partida em Tempo Real.
header as escalações 2

Botafogo: a única alteração em relação ao time da estreia deve ser a entrada de Renan no lugar de Jefferson, que está com a seleção brasileira. O técnico Oswaldo de Oliveira deve colocar em campo Renan, Lucas, Bolívar, Antônio Carlos e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Fellype Gabriel, Lodeiro e Seedorf; Rafael Marques.

Santos: em relação ao time que empatou sem gols com o Flamengo, são quatro novidades. Patito Rodriguez fica com a vaga de Neymar e formará dupla com Willian José, que estreia pelo Peixe. Na zaga, Gustavo Henrique aproveita a série de desfalques do setor e vai atuar ao lado de Durval. Já na esquerda, com Léo poupado, Emerson Palmieri será titular. A equipe que encara o Botafogo terá: Rafael Cabral; Rafael Galhardo; Gustavo Henrique, Durval e Emerson Palmieri; Renê Júnior, Arouca, Cícero e Montillo; Patito Rodriguez e William José.

quem esta fora (Foto: arte esporte)

Botafogo: a equipe não poderá contar com Jefferson, que está com a seleção brasileira, e Dória, que está com a Seleção sub-20. Cidinho, que operou o joelho direito, está no departamento médico e só deve retornar na próxima temporada.

Santos: os desfalques são muitos: Edu Dracena (tendinite patelar no joelho direito), Neto (inchaço no joelho esquerdo), Jubal (com a seleção brasileira sub-20), Léo (poupado), Bruno Peres (estiramento no músculo posterior da coxa direita), Alan Santos (dores na coxa esquerda) e Giva (pubalgia) estão fora.

header o árbitro (Foto: ArteEsporte)

Jailson Macedo Freitas (BA) apita a partida, auxiliado por Luiz Carlos Silva Teixeira (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA). Jailson Macedo arbitrou 14 jogos no Brasileirão 2012 e, em média, marcou 33,6 faltas, aplicou 4,4 cartões amarelos, 0,14 vermelho e assinalou um total de 5 pênaltis. O campeonato teve média de 5 amarelos, 0,30 vermelho, 36,7 faltas e 0,23 pênalti.

header_estatisticas (Foto: arte esporte)


Botafogo:
Campeão de faltas na primeira rodada, com 26, o Botafogo foi bem no combate ao adversário e roubou 13 bolas, com outros 40 desarmes – quando o jogador não continua com a posse de bola ao tirá-la do rival. O time mostrou que busca Seedorf para armar as jogadas e o holandês teve o maior número de passes na partida: 47.

Santos:
Sem Neymar, o Santos precisará se reinventar para marcar os gols. Dos 48 gols do Peixe na temporada, o craque anotou 14 e ainda deu nove assistências. Um total de 48%de participação direta nos gols da equipe.

O duelo entre Botafogo e Santos traz uma boa recordação para a torcida do Glorioso. No primeiro jogo da final do Brasileiro de 95, no Maracanã, dia 14 de dezembro, a equipe carioca venceu por 2 a 1. Os grandes astros em campo eram Giovanni, no lado do Peixe, e Túlio Maravilha no lado do Bota. Ambos fizeram um gol naquela partida, assim como o zagueiro Gottardo.

O Botafogo foi escalado com Wagner, Wilson Goiano, Gonçalves, Gottardo e André Silva; Leandro Ávila, Jamir, Beto e Sérgio Manoel; Donizete e Túlio Maravilha. O Santos jogou com Edinho, Narciso, Marcos Paulo, Marquinhos Capixaba, Carlinhos, Alexandre Gallo, Vágner, Robert, Giovanni, Marcelo Passos e Jamelli. Na finalíssima, no Pacaembu, o placar foi 1 a 1 e o Botafogo ganhou o título.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários