No Santos, Renato lamenta atual fase do Bota: ‘Muito triste. Torço para não cair’

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Que o momento do Botafogo é péssimo, isso não é mais novidade para nenhum conhecedor de futebol. Todavia, a goleada sofrida por 5 a 0 para o Santos na última quinta-feira, pela partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil, foi bastante cruel. O experiente volante Renato, ex-Botafogo e que atualmente joga no Peixe, se solidarizou com o momento do clube carioca e disse estar triste por tudo que o Alvinegro vem passando.

“Pela situação, fico um pouco triste. Saí de lá depois de quase três anos de clube, deixei amigos lá, é um pouco desconfortável falar sobre a situação que envolve dinheiro, mas espero que o Botafogo se recupere. A gente sabe da dificuldade que o clube está passando, depois do jogo desejei boa sorte para eles e espero que o Botafogo possa estar na Aérie A no ano que vem”, declarou o jogador, sabendo do sério risco que o Glorioso sofre de cair para a segunda divisão.

Em seguida, Renato confirmou que o goleiro do Botafogo, Andrey, lhe pediu para que o Santos diminuísse o ritmo e não causasse um estrago ainda maior no jogo. Renato, entretanto, disse que o time praiano, em nenhum momento, desrespeitou o adversário ao longo da partida.

“O Andrey que veio falar comigo, que é normal até mesmo pela situação que a equipe estava vivendo, mas eu frisei que a gente estava jogando com muito respeito pelo Botafogo e com seriedade. A gente em nenhum momento ficou brincando. Tocamos a bola, quando tinha que sair em contra-ataque fizemos o contra-ataque, então esse é o maior respeito que demonstramos pelo Botafogo”, concluiu.

Notícias relacionadas