Novo Maracanã registra velhos problemas, confusão e bagunça em dia de clássico

Compartilhe:

Cambistas, estacionamento irregular, ambulantes, acesso complicado… Os torcedores de Flamengo e Botafogo enfrentaram muitos problemas antes do clássico dessa quarta-feira, no Maracanã, pelas quartas de final da Copa do Brasil.  Quase 60 mil pessoas estiveram no antigo Maior do Mundo para assistir à goleada de 4 a 0 que classificou o Rubro-Negro.

Teve gente que sequer conseguiu acessar o estádio. Os portadores de cadeiras cativas não conseguiram entrar e a falta de informação aumentou a tensão. Mesmo após o início da partida, ainda havia torcedores sendo revistados na entrada.

Dentro do Maracanã, houve tumulto porque torcedores do Flamengo ocuparam lugares reservados para os alvinegros. A falta de manutenção nos banheiros também foi motivo de reclamação, assim como a presença de fumantes nos corredores, apesar da proibição.

Policiais armados com fuzis circulavam pelo estádio, contrariando as normas da Fifa. Em resposta, a Polícia Militar disse que o policial visto circulando armado trabalhava no lado de fora, foi chamado para uma emergência e não teve tempo de guardar a arma. Em relação aos cambistas, a PM informou que dois foram presos.

O Consórcio também se defendeu sobre os problemas apontados e alegou que o vazamento nos banheiros foi causado pelos próprios torcedores. A Suderj, responsável pelas cadeiras cativas, disse que para evitar novos problemas, o horário de retirada dos ingressos foi antecipado.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários