Há dois anos como patrocinadora master, a Caixa Econômica Federal tem futuro incerto no Botafogo para a temporada de 2019. O contrato vai até o fim de fevereiro. O clube se movimenta nos bastidores para buscar parceiros. A diretoria ganhou um reforço: Ricardo Rotenberg, nomeado novo vice-presidente comercial no lugar de Nelson Sant’anna, exonerado do cargo. Em contato com a reportagem da Super Rádio Tupi, o dirigente comentou a situação com o banco estatal.

– O contrato vai até 28 de fevereiro. A Caixa Econômica Federal está muito satisfeita com o retorno dado pelo Botafogo e nós também. Não sabemos como o novo Governo Federal vai proceder e estamos tentando ver um patrocínio na área privada, que eventualmente possa complementar a Caixa ou até substituí-la – comentou Rotenberg, afirmando que existem propostas feitas pelo clube na busca por parceiros.

– Já existem propostas sendo feitas pelo Botafogo entregues a três empresas diferentes. Estamos em negociação com uma boa perspectiva. É um trabalho de criatividade que possa trazer soluções novas às empresas aproveitando a marca fantástica que é o Botafogo – revelou.

Confira outros trechos da entrevista

Convite para a VP comercial

– O presidente Nelson (Mufarrej) me convidou para assumir a vice-presidência comercial com intuito de ajudar a captar novos recursos. Eu aceitei porque achei um bom desafio. É um desafio profissional particular, já que tenho uma experiência na área pública. Temos que buscar recursos novos importantes para o futuro próximo do Botafogo visando 2019.

Desafios

– O uniforme é um desafio grande. Nós temos hoje um bom patrocínio com a Caixa Econômica Federal, mas não sabemos como vai ficar com a mudança de governo e, por isso, temos que trabalhar com novas alternativas. Tem o naming rights do Estádio Nilton Santos que pode ser um grande outdoor de grande visibilidade na Linha Amarela com 600 mil carros aproximadamente por dia. Existem outros pontos de associação de imagem que podemos explorar. Vamos buscar esses tipos de parcerias, que possam trazer dinheiro para fortalecer o futebol do Botafogo.

Patrocínio Pontual

– Espero que não tenha espaço no uniforme do Botafogo para patrocínio pontual em 2019. Patrocínio pontual não é o ideal. Queremos parceiros permanentes que possam remunerar melhor o Botafogo.

Fonte: Super Rádio Tupi