Um não jogava desde agosto do ano passado e estava encostado no Corinthians, outro não via a cor da grama em um jogo oficial desde abril, quando rompeu os ligamentos do joelho direito e enfrentou um árduo processo de recuperação durante seis meses. Moisés e Marcinho voltaram a campo na última quinta, na vitória contra o Nova Iguaçu, promovidos ao time titular pelo técnico Alberto Valentim, e foram bem.

— Antes do jogo, eu estava muito nervoso. Fiquei pensando no tempo sem jogar, foi estranho, uma sensação diferente. Parecia que estava vivendo uma coisa nova. Não sabia como meu corpo ia ser comportar, mas quando a bola rolou me soltei e foi muito bom— analisou Marcinho, que participou do primeiro gol do Botafogo, marcado por Kieza.

Meio de campo de origem, Marcinho acabou virando lateral direito na base. com Felipe Conceição parecia ser a terceira opção, atrás de Arnaldo, que vinha sendo o titular, e Luis Ricardo. Já Moisés não conseguiu espaço no Corinthians no ano passado, mesmo depois de um bom 2016, tendo sido titular da campanha de acesso do Bahia. A expectativa agora, para os dois, é de continuidade, a começar amanhã, às 19h30, contra a Cabofriense no Nilton Santos.

Fonte: Extra Online