O futebol é para muitos somente o que é visto dentro de campo, mas não é bem assim. Monitorados de perto, os atletas recebem diversas orientações e cuidados para um bom desempenho nos jogos. E no Botafogo não é diferente. Uma das pontas do trabalho realizado pela comissão técnica alvinegra – sempre elogiado por René Simões – o nutricionista Rodrigo Vilhena apresentou seu trabalho realizado no clube.

Rodrigo Vilhena chegou ao Botafogo para trabalhar nas categorias de base e lá foi peça importante durante oito anos. Promovido ao profissional em 2012, o profissional de 34 anos falou sobre o trabalho realizado na nutrição do Botafogo.

– O Nutricionista deve ser sempre o primeiro a chegar e o último a sair do clube. Fico responsável pela elaboração do plano alimentar individual de cada atleta. É importante acompanhar de perto os cardápios e ter a responsabilidade sobre a alimentação servida a delegação nos jogos dentro e fora do Rio. Além das refeições diárias é feito o trabalho de suplementação individual e coletiva, respeitando a particularidade de cada atleta. Também é importante mensurar a perda hídrica. Para isso, nos dias de jogos, faço a pesagem antes e após as partidas, para avaliar o nível de desidratação de cada jogador – explicou Rodrigo.

Parte importante de um trabalho interligado diretamente ao Fisiologista Matheus Fontes e ao Preparador Físico Marcello Campello, a nutrição é importante na preparação do atleta e reflete diretamente no desempenho do time em campo.

– É gratificante ver os atletas melhorando sua performance, modificando sua composição corporal e não apresentando lesões. Uma frase que costumo passar para eles é: “Uma dieta adequada em um atleta sem talento não pode fazer dele um campeão, mas uma dieta inadequada pode impedir um atleta de talento chegar ao topo.” A nutrição não faz gol ou defende pênalti, mas pode ajudar bastante – disse o Nutricionista.

Bill e Nutricionista Rodrigo Vilhena
Bill recebe o seu plano alimentar já na pré-temporada. Atacante é um dos destaques da equipe no Carioca

Concentrado com o time durante toda a pré-teporada, Rodrigo Vilhena acompanha desde o começo da temporada as condições e evolução de cada jogador. Para o profissional, o importante é a consciência de cada jogador, o que não tem sido um problema para o nutricionista.

– É normal alguns atletas chegarem acima ou abaixo do peso ideal, com percentual de gordura mais alto ou com menos massa muscular de quando terminaram a temporada, mas tudo dentro da normalidade devido a inatividade no período de férias. Não tivemos nenhum caso grave, nosso grupo é muito responsável, sabem aonde querem chegar – avaliou Rodrigo.

Um dos mais atentos aos cuidados do Nutricionista, o atacante Rodrigo Pimpão está satisfeito. O atleta aproveitou para elogiar o trabalho realizado no Botafogo logo no começo da temporada, ainda em Várzea das Moças.

– Estou muito feliz e ao mesmo tempo impressionado com a qualidade de trabalho dos funcionários do Botafogo. Eles nos trazem um conforto para fazer o nosso trabalho bem feito. Fisiologista, Nutricionista e Preparador Físico cuidando de você o tempo inteiro… É muito importante – elogiou Pimpão.

Fonte: Site oficial do Botafogo