Oswaldo assume papel de gestor no meio da crise no Botafogo

Compartilhe:

Apesar do racha no Botafogo ser entre os jogadores e a diretoria, o técnico Oswaldo de Oliveira tem desempenhado um papel fundamental. O treinador serve de conciliador para o problema e, hoje, é o único superior que os jogadores escutam.

Essa cumplicidade começou no duelo contra o Vasco, na segunda rodada da Taça Rio, quando o elenco tinha definido que não se concentraria para o clássico. Porém, dois dias antes, o treinador reuniu os líderes e pediu para que a decisão fosse revogada.

Prontamente, eles atenderam ao pedido de Oswaldo, demonstrando consideração. O treinador sempre teve o respeito da maioria dos jogadores, mas após o ocorrido ele assumiu o papel de gestor da crise.

Fonte: Lancenet!

Comentários