Oswaldo lamenta encarar Ronaldinho e Jô, de volta no Galo

Compartilhe:

Apesar da má campanha do Atlético-MG neste Brasileiro, ninguém no Botafogo imagina que terá vida fácil contra o campeão da Libertadores nesta quarta-feira, no Independência. Até porque O Galo deverá ter a volta de dois de seus principais jogadores, Ronaldinho e Jô. Para se manter na ponta da tabela de classificação sem depender de outros resultados, o Glorioso terá que passar por mais este obstáculo.

E o técnico Oswaldo nem teve tempo de fazer uma preparação específica para este jogo. Nesta terça-feira, assim como na segunda, os titulares nem foram a campo. Realizaram apenas um trabalho na sala de musculação e participaram da apresentação de um vídeo sobre o adversário. Uma espécie de preparação virtual.

– Voltam Ronaldinho e Jô… Não sei porque voltar logo agora (risos). É um timaço, muito bom. Foi campeão com todos os méritos, o Cuca fez um trabalho maravilhoso. Vamos ter muitas dificuldades, mas esse é o Brasileiro – disse o treinador.

Oswaldo destacou a ampla gama de arma que os atleticanos possuem e brincou dizendo que gostaria de possuir uma vacina neutralizar as ações adversárias.

– O Atlético tem muitas variáveis, joga em velocidade muito bem. Os zagueiros entram na área, a bola aérea é muito perigosa. Temos que diminuir as possibilidades deles e saber utilizar o que eles nos oferecerem de deficiência. Se tivesse vacina anti-atlético, eu aplicaria (risos).

Nesta terça-feira, em sorteio realizado pela CBF, ficou decidido que o Atlético será também o rival do Bota nas oitavas de final da Copa do Brasil. O técnico disse que não vai se preocupar com isto agora.

– Não dava para escolher. Mas não vou me preocupar com isso agora. Temos jogos pelo brasileiro importantes antes disso.

O Botafogo é o líder do Brasileiro com 23 pontos.



Fonte: Globoesporte.com
Comentários