Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 00:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Oswaldo: ‘Seedorf foi marco na minha carreira. Importante pra mim e pro Botafogo’

0 comentários

Compartilhe

Nos anos de 2012 e 2013, Oswaldo de Oliveira trabalhou com Seedorf no Botafogo. A parceria rendeu um título carioca, uma vaga na Libertadores e bons jogos do time. No programa “Bola da Vez”, da “ESPN Brasil”, o técnico revelou sua satisfação em ter convivido com o craque holandês.

– Trabalhar com o Seedorf foi um marco na minha carreira. Trabalhei com grandes jogadores, craques, pelo menos 10 melhores que ele, sensacionais. Por ser tão diferente, foi importantíssimo para o Botafogo e para mim. Um cara de uma personalidade impressionante, com conceitos de futebol e de profissionalismo de muito bom nível. Para mim, foi excelente tê-lo conhecido, mantê-lo como amigo e ter trabalhado com ele como jogador – afirmou Oswaldo, que contou como Seedorf atuava.

– Ele aconselhava muito os jogadores. Sempre me procurava e queria saber o que eu queria. Às vezes ele confessava que o português dele não era tão bom, que não entendia tudo. Procurava para me ouvir e falar para os outros jogadores. Era convincente, duro. Tinha algumas coisas que eu já lutava para fazer, mas nosso jogador desconcentra, por exemplo, nessa fase do Brasileiro o Botafogo perdeu a força que tinha porque passou a não treinar mais. Eram viagens e jogos, deixava de repetir coisas importantes de treino. Aí não tem como não haver o desgaste, faz a equipe declinar no aspecto tático. Ele ajudava a manter isso no jogo, às vezes tinha discussões, era muito incisivo. O que ele me ajudou muito foi a compactação da equipe, sempre procurava falar muito dentro do campo – listou.

Oswaldo revelou ainda que irá à Itália se encontrar com Seedorf.

– Seedorf está me convidando e eu devo ir no fim do mês de outubro para lá, assistir a jogos com ele. Conversando com o Seedorf, perguntei sobre a situação dele, ele falou que estava sem trabalhar, mas iam pagar o contrato até o fim. Muito diferente de mim, que estou esperando que pelo menos me paguem, o que não está acontecendo – disse, referindo-se à demissão do Santos.

Comentários