O que já parecia “prego batido e ponta virada” tomou outro caminho. Nesta quarta (9), o Santa Cruz havia divulgado no site oficial do clube a renovação com o volante Marcílio, de 20 anos, atleta das divisões de base do clube. O marcador teria assinado contrato até o final de 2017. Teria. Isso porque o empresário do jogador, Eduardo Maluf, não assinou o documento que confirma o vínculo do atleta com o Tricolor.

O diretor de futebol do clube, Jomar Rocha, não soube explicar o motivo que teria provocado a desistência de Maluf em assinar a renovação. Visivelmente incomodado com a situação, o dirigente se limitou a dizer que não tem mais interesse em negociar com o empresário, mas manteve a intenção de tentar a renovação com Marcílio. Maluf também é empresário do meia Raniel e do atacante Luisinho.

Nesta última terça (8), o outro agente que também cuida da carreira do jogador, Ytalo Pontes, se reuniu com o Santa para tratar da renovação do atleta. Em princípio, as conversas foram positivas, mas o aval final para confirmar a permanência de Luisinho é de Eduardo Maluf. Com o imbróglio, a renovação de Luisinho pode se tornar mais complicada.

Fonte: Blog de Primeira - Folha de Pernambuco