Não foi neste sábado que o Botafogo conseguiu superar o Flamengo e manter o 100% de aproveitamento em clássicos neste Campeonato Brasileiro. O time de Marcos Paquetá saiu derrota por 2 a 0, no Maracanã, e o treinador analisou o seu segundo revés em dois jogos sob o comando do Glorioso.

Em entrevista coletiva, Paquetá destacou a entrega de seus jogadores “após os 20 minutos do primeiro tempo”, uma vez que, de acordo com o próprio comandante, a passividade na marcação no início do confronto foi fatal para o revés, que se deu pela 14ª rodada do Brasileirão.

– Não houve pressão na bola, o que foi fundamental no primeiro gol. A qualidade do Flamengo também pesou para os gols rápidos. Tomamos dois gols em intervalo de dois minutos. O emocional do jogador fica abalado.

– O mental foi positivo, com exceção dos 20 primeiros minutos do primeiro tempo. Eles foram fortes. O torcedor pode ficar tranquilo pois vamos corrigir o que precisa e reagir – concluiu o treinador.

Paquetá também citou “desgaste” de seus atletas, muito por conta de, diante do Corinthians, na quarta-feira última, o Botafogo também ter saído atrás do placar ainda nos minutos iniciais – e também ter perdido por 2 a 0.

– Até evoluímos no segundo tempo. É uma pena. O desgaste hoje pesou bastante. Temos bastante para consertar e resolver. Não vai dar para fazer todos os jogos com uma qualidade boa e rendimento aceitável. O conhecimento dos meus jogadores está sendo na competição.

O Botafogo de Marcos Paquetá folga neste domingo. A reapresentação do elenco será na segunda-feira, já visando o confronto diante da Chapecoense, na quinta, às 19h30 (de Brasília), no Nilton Santos.

Fonte: Terra