Aos 59 anos, Marcos Paquetá viverá o seu recomeço no futebol nacional a partir desta quarta-feira (18), quando o Botafogo visitará o Corinthians, às 21h45 (de Brasília), em duelo a ser realizado na Arena de Itaquera e válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Sem querer entrar em detalhes a respeito de sua primeira escalação sob o comando do time alvinegro, Paquetá afirmou que, se depender de informações acerca do Corinthians, adversário que está logo atrás dos cariocas na tabela, há uma possibilidade real de êxito, sobretudo se houver “equilíbrio emocional”.

“Temos muitas informações do Corinthians, fez três jogos-treino. A questão é ter frieza para jogar no campo adversário, temos que estar preparados e com equilíbrio emocional para surpreendê-los”, afirmou o treinador, em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira (18), antes do treino no Nilton Santos.

Com passagens por Flamengo, Fluminense, Avaí e a base da Seleção Brasileira, Paquetá voltará a estar em cena no futebol brasileiro após 14 anos, nos quais rodou por clubes do Oriente Médio. O treinador afirmou que manterá o padrão de seu predecessor, Alberto Valentim, e sequer deu pistas sobre os 11 a iniciarem o confronto em São Paulo – como a provável barração de Matheus Fernandes e a titularidade de Marcelo no meio-campo.

“Vamos tentar manter o padrão. Com uma parada, cada jogador volta de uma maneira. A gente está buscando a melhor escalação e ter equilíbrio. Temos grandes chances de fazer um bom jogo, dando tranquilidade ao atleta para jogar. Precisamos de equilíbrio em todos os setores. Desta maneira é que vamos buscar vencer o jogo, sem tirar o atleta da zona de conforto e dar confiança”, completou.

O Botafogo, atualmente, se encontra em nono lugar no Brasileirão. O Corinthians, por sua vez, está logo atrás, na décima posição – com um ponto a menos na tabela (17 a 16, respectivamente).

Fonte: Terra