O dicionário de Alberto Valentim tem uma página mais desgastada do que as outras. É onde está a palavra “quantidade”, termo que deu o tom da entrevista do comandante alvinegro nesta sexta-feira, no Estádio Nilton Santos. Para vencer o Athletico-PR em Curitiba, no próximo domingo, o treinador quer um Botafogo produtivo e, ao mesmo tempo, inteligente para escolher as melhores jogadas no terço final do campo sintético da Arena da Baixada.

– É fazer uma partida de muita quantidade. É um termo que tenho usado para os jogadores. Muita quantidade, aliada à nossa qualidade técnica de definir bem e às nossas tomadas de decisões, que são muito importantes, principalmente nesse último terço. Isso é algo que tenho cobrado deles nesta semana cheia, depois de muito tempo – disse Valentim, que em dia de “Aurélio”, esmiuçou o conceito utilizado nos últimos treinamentos do Alvinegro:

– O que chamo de quantidade? É intensidade, chamo também de marcação forte, de dinâmica de jogo. Aí vem a qualidade. Qualidade no passe, nas penúltimas bolas, escolhas nas tomadas de decisões. Falo da qualidade na fase defensiva, que não é só quantidade. Digo que precisamos de ter qualidade na fase defensiva, fazer menos faltas, eu odeio as faltas desnecessárias, que matam uma possível roubada de bola.

Elogios ao ex-clube

Como jogador, Alberto Valentim teve passagens pelo Furacão entre 1996 e 1999. Mais tarde, em 2008, o ex-lateral direito voltou à equipe paranaense, onde penduraria as chuteiras no ano seguinte. Mostrando conhecimento de causa, o técnico botafoguense fez muitos elogios ao Athletico-PR durante a coletiva.

– O Athletico é muito forte, principalmente se tratando da Arena. O time se identifica muito com aquele campo, os jogadores se sentem muito motivados a jogar lá, desde a minha época de jogador do Athletico. Ainda tem o gramado, que faz a bola correr mais rapidamente. Temos que fazer uma fase ofensiva boa e aproveitar nossas oportunidades.

– Eles têm jogadores de muita velocidade. O Rony, por exemplo, além de veloz, sabe usar a característica. Ele entende bem o seu estilo. É um time que apoia no tempo certo, que chega bem. Sabe explorar bem essas características.

Fonte: Terra