Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Parece mentira, mas artilheiro do Botafogo é o mais perseguido pela torcida

0 comentários

Compartilhe

As coisas não andam fáceis para o paraguaio Zeballos no Botafogo. O meia divide a artilharia do Alvinegro no Campeonato Brasileiro com Emerson Sheik, mas não conseguiu escapar das vaias da torcida no Maracanã na derrota por 2 a 0 para o Grêmio, na noite de domingo, pela 25ª rodada da competição nacional.

O paraguaio é o jogador mais perseguido do elenco alvinegro mesmo com os seis gols marcados no Campeonato Brasileiro, além de duas assistências na competição. Mesmo assim, Zeballos não escapa das críticas dos torcedores por ser considerado lento demais. Ele, no entanto, conta com a confiança do técnico Vagner Mancini.

“O Zeballos é um atleta que, se não estiver muito bem no jogo, fatalmente será vaiado. Não é um atleta rápido, não tem medo de errar, tenta jogadas difíceis em campo. O torcedor quer que ele jogue de uma maneira que ele não vai fazer. Mas é uma peça importante nossa”, ressaltou Mancini após a derrota para o Grêmio.

Embora não seja o único a conviver com críticas, Zeballos é claramente o jogador mais perseguido pelos torcedores alvinegros durante os jogos. O cenário não assusta Mancini, que faz questão de garantir a permanência do meia entre os titulares do Botafogo.

“Entendo o torcedor, mas não posso tirar o jogador da equipe porque a torcida está vaiando. A torcida tem que entender que temos contar com esse e outros atletas que também foram vaiados e tem nos ajudado”, explicou o treinador.

Mesmo como defensor de Zeballos, Mancini teve de admitir a má atuação do jogador contra o Grêmio no último domingo. O meia paraguaio por diversas vezes se mostrou lento em contragolpes do Botafogo e errou muitos passes, o que irritou os torcedores e dificultou a partida para o Alvinegro.

“A bola não parou no ataque no primeiro tempo, o Zeballos não fez um bom jogo. Ele costuma segurar a bola no ataque, o que não aconteceu. Por isso vimos a equipe jogando muito distante, acabou o Grêmio tendo muita posse de bola”, reconheceu o técnico alvinegro.

Zeballos chegou ao Botafogo no começo de 2014 para a disputa da Libertadores e já disputou 28 partidas pelo Alvinegro, 24 delas como titular da equipe. O meia paraguaio marcou oito gols desde que chegou a General Severiano.

Comentários