Perto de aposentadoria, Dodô cogita jogar apenas mais um ano

Compartilhe:

Aos 39 anos, o atacante Dodô está perto de anunciar sua aposentadoria. A última vez em que o artilheiro dos gols bonitos entrou em campo foi no dia 8 de junho, na derrota do Barra da Tijuca para a Cabofriense pela última rodada do segundo turno da Série B do Carioca. Na ocasião, o Barra já estava eliminado, mas o atacante, como é de costume, guardou um golaço de voleio. Essa pode ter sido a última partida oficial da carreira do jogador.

Desde que o Estadual terminou, Dodô está em São Paulo tratando, segundo ele, assuntos pessoais. Ele chegou a ser incrito na Copa Rio, competição que está em andamento, mas nem sequer foi relacionado para uma partida.

– Ficou combinado com a diretoria que eu seria inscrito, mas só jogaria se eu resolvesse meus assuntos a tempo. Não estou participando dos jogos – conta ele.

Com passagens marcantes por São Paulo, Fluminense, Botafogo e Vasco, Dodô revela que seus planos eram de parar de jogar futebol ainda este ano. Porém, decidiu aceitar o convite de Adilson Coutinho, atacante e presidente do Barra da Tijuca. Disputou a Série B do Carioca inteira, foi o artilheiro do time com seis gols, mas a equipe não avançou para as fases finais.

Segundo Dodô, Adilson já propôs a renovação de contrato com o clube, que termina em novembro, para que o jogador pudesse jogar o Carioca do ano que vem. Essa proposta, porém, o atacante ainda está avaliando. A única certeza que tem é que, se continuar atuando, será pelo Barra da Tijuca. E somente mais um ano.

– Se eu voltar a jogar futebol, será só no Barra e no ano que vem. Ainda vou ver o que vou decidir, nada foi resolvido. Tenho até recebido algumas propostas, mas meu pensamento não era nem de jogar este ano. Joguei mais pelo pedido pessoal do presidente Adilson – revelou.



Fonte: Globoesporte.com
Comentários