A vitória por 2 a 0 diante do Campinense, pela Copa do Brasil, confirmou a crescente alvinegra na temporada. Classificado na competição nacional, o Glorioso agora concentra suas forças para a Copa Sul-Americana. No jogo de ida, vitória por 1 a 0 sobre os argentinos do Defensa y Justicia. Motivado por voltar a marcar, o atacante Rodrigo Pimpão concedeu entrevista coletiva e falou sobre o início de ano do Fogão.

– Não digo um Botafogo muito mal, mas sim em início de temporada, com alguns aprendizados a serem colocados, jogadores chegando. Aconteceram as derrotas, mas tivemos a evolução do trabalho e do que o Zé quer nos passar. Conseguimos três vitórias seguidas em competicões importantes e que a gente aplique a cada dia, jogo e treino para que a gente consiga deixar o Botafogo no lugar mais alto possível – disse o atacante.

Jogador que mais vestiu a camisa do Botafogo, Rodrigo Pimpão também é o maior artilheiro do Botafogo em competições internacionais. Motivado, o jogador falou sobre seu carinho pelo Botafogo e espera seguir ajudando o Glorioso.

– O Botafogo foi o clube que desde a minha primeira passagem eu tenho um carinho muito grande. Em 2015 estávamos na segunda divisão e eu aceitei o projeto. Tenho esse carinho, assim como a minha família. Hoje sou o jogador com mais jogos pelo clube no elenco e mais gols em competições internacionais. Só agradeço e quero mais. Vou trabalhar muito para que isso ocorra – falou.

Confira os demais trechos da entrevista coletiva de Rodrigo Pimpão:

RELAÇÃO COM A TORCIDA ALVINEGRA

– Se resume jogo a jogo. Não é uma idolatria ou odio eterno. Depende do resultado. O que importa é que vamos continuar batalhando e contamos muito com eles nesse ano para que a gente conquiste muitas coisas.

GOL É CONSEQUÊNCIA

– Digo que o gol é consequência do trabalho. Claro que queremos marcar em todos os jogos. É sempre bom e fico feliz por ter ajudado nessa competição importante.

CONFIANTE

– A confiança aumenta. Tento deixar as críticas de lado e levar as coisas boas para o restante da temporada. Espero ajudar da melhor maneira possível sempre. Estou mais confiante para poder ajudar com mais gols e taticamente.

A vitória por 2 a 0 diante do Campinense, pela Copa do Brasil, confirmou a crescente alvinegra na temporada. Classificado na competição nacional, o Glorioso agora concentra suas forças para a Copa Sul-Americana. No jogo de ida, vitória por 1 a 0 sobre os argentinos do Defensa y Justicia. Motivado por voltar a marcar, o atacante Rodrigo Pimpão concedeu entrevista coletiva e falou sobre o início de ano do Fogão.

– Não digo um Botafogo muito mal, mas sim em início de temporada, com alguns aprendizados a serem colocados, jogadores chegando. Aconteceram as derrotas, mas tivemos a evolução do trabalho e do que o Zé quer nos passar. Conseguimos três vitórias seguidas em competicões importantes e que a gente aplique a cada dia, jogo e treino para que a gente consiga deixar o Botafogo no lugar mais alto possível – disse o atacante.

Jogador que mais vestiu a camisa do Botafogo, Rodrigo Pimpão também é o maior artilheiro do Botafogo em competições internacionais. Motivado, o jogador falou sobre seu carinho pelo Botafogo e espera seguir ajudando o Glorioso.

– O Botafogo foi o clube que desde a minha primeira passagem eu tenho um carinho muito grande. Em 2015 estávamos na segunda divisão e eu aceitei o projeto. Tenho esse carinho, assim como a minha família. Hoje sou o jogador com mais jogos pelo clube no elenco e mais gols em competições internacionais. Só agradeço e quero mais. Vou trabalhar muito para que isso ocorra – falou.

Confira os demais trechos da entrevista coletiva de Rodrigo Pimpão:

RELAÇÃO COM A TORCIDA ALVINEGRA

– Se resume jogo a jogo. Não é uma idolatria ou odio eterno. Depende do resultado. O que importa é que vamos continuar batalhando e contamos muito com eles nesse ano para que a gente conquiste muitas coisas.

GOL É CONSEQUÊNCIA

– Digo que o gol é consequência do trabalho. Claro que queremos marcar em todos os jogos. É sempre bom e fico feliz por ter ajudado nessa competição importante.

CONFIANTE

– A confiança aumenta. Tento deixar as críticas de lado e levar as coisas boas para o restante da temporada. Espero ajudar da melhor maneira possível sempre. Estou mais confiante para poder ajudar com mais gols e taticamente.

Fonte: Site oficial do Botafogo