O Botafogo tem o quinto pior ataque deste Campeonato Brasileiro. Os números são superiores apenas aos times que estão atualmente na zona de rebaixamento. O baixo poder de fogo tem influenciado diretamente nos péssimos resultados obtidos pelo Alvinegro principalmente após a Copa América: são 15 jogos com três vitórias, três empates e nove derrotas – aproveitamento de 26,6%.

Para se ter uma ideia, a equipe marcou apenas um gol nos últimos quatro jogos – são 19 em toda a competição. No início da temporada, ainda sob o comando de Zé Ricardo, o Botafogo sentia a falta de um centroavante. Diego Souza foi contratado e melhorou o desempenho do time.

Porém, o jogador tem sido pouco acionado no atual esquema do técnico Eduardo Barroca. Diego Souza ainda ostenta bons números, pois tem deixado sua marca nas raras oportunidades que tem com a camisa do Botafogo. O problema é que o time cria muito pouco e a bola pouco chega no camisa 7.

A primeira fase do Campeonato Brasileiro foi mais tranquila já que o Botafogo superou tal deficiência e conseguiu importantes vitórias mesmo com desempenho bem longe de agradar. Após a Copa América, no entanto, a conta ficou bem mais cara. As demais equipes se reforçaram e elevaram o nível de disputa.

O Botafogo, por sua vez, não foi ao mercado da bola, pois não havia dinheiro para fazer contratações. O clube está imerso a uma grave crise financeira e preferiu tentar cumprir sua responsabilidade com o elenco, que está com salário atrasado. O grupo atual, no entanto, ficou com um buraco após a saída de Erik para o futebol japonês.

“A gente ainda tem uma gordura de pontuação de segurança para a zona de baixo, logicamente a gente precisa interromper essa série de resultados negativas para que a gente possa voltar a ter uma série de negativas”, disse Eduardo Barroca.

Com a derrota, o Botafogo se mantém com 27 pontos. Já são três rodadas consecutivas sem pontuar. O Alvinegro ligou o sinal de alerta contra o rebaixamento e volta a campo no domingo para encarar o Fluminense, no Nilton Santos.

Fonte: UOL