Uma das promessas de campanha do grupo Mais Botafogo era abrir o clube para os sócios-torcedores. Após quase quatro anos no poder, uma categoria foi criada e o torcedor que pagar aproximadamente R$ 95 por mês terá direito a decidir quem será o próximo presidente.

Essa possibilidade parece não ter agradado os alvinegros já que houve apenas uma adesão nos quatro meses em que o plano foi inaugurado.

Fonte: UOL