Possível reforço do Botafogo numa eventual parceria com a FAM (Faculdade das Américas), o atacante Borja tem cada vez menos espaço no Palmeiras e busca um clube para se transferir. Segundo o site Globoesporte.com, o clube paulista avalia um empréstimo para clubes do exterior.

Contratação mais cara da história do Palmeiras (US$ 10,5 milhões, cerca de R$ 34 milhões à época, em 2017, por 70% dos direitos econômicos), Borja é especulado no Botafogo e no Santos (pedido pelo técnico Jorge Sampaoli) e não descarta um retorno à Colômbia.

A Crefisa – cuja proprietária é Leila Pinheiro, também dona da FAM – ajudou o Palmeiras na contratação do jogador em 2017 e precisa recuperar o investimento, ou pelo menos parte dele. Entretanto, oficialmente, tanto o Alviverde quanto o staff de Borja negam haver qualquer proposta do Brasil pelo jogador.

Fonte: Redação FogãoNET