O presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, garantiu nesta terça-feira que a passagem do holandês Clarence Seedorf pelo clube rendeu frutos, principalmente, pelo fortalecimento das divisões de base, além de outras esferas, como no marketing.

“Sócio-torcedor subiu mais de 100% com a chegada do Clarence no Botafogo. Mas o que eu posso exaltar, e mais tarde pode se tornar ganho financeiro, foi a chancela nas divisões de base, que o Botafogo pôde dar, muito pela presença dele no time profissional”, disse o dirigente.

Maurício Assumpção ainda deixou claro que dificilmente o Botafogo vai conseguir atrair um jogador do nível de Seedorf para esta temporada, mas comemorou o fato de o elenco estar pronto e de que o clube passa a ter condições de receber outros grandes craques.

“Achar um jogador parecido vai ser difícil, mas acho que, como ele falou, o espírito desse elenco vai ser vencedor. E isso vai determinar o rumo desse elenco para a temporada”, analisou o presidente alvinegro.

Seedorf, por sua vez, ressaltou a paixão da torcida, e deixou em aberto a possibilidade de fazer um jogo de despedida com a camisa do clube.

“Já falamos que não é adeus. Vamos ter condições mais na frente de se falar novamente. Eu agradeço o carinho dado desde o primeiro dia, foi um relacionamento muito bonito. A torcida aprendeu o que é preciso para ter um time vencedor”, destacou o holandês.

O agora ex-camisa 10 alvinegro lembrou que, de toda maneira, deixou uma marca positiva em sua última partida oficial pelo clube, na vitória sobre o Criciúma, por 3 a 0, na rodada final do Campeonato Brasileiro, em que marcou um gol e ajudou o Botafogo a garantir a vaga na Libertadores.

Fonte: EFE