O presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, explicou em entrevista ao globoesporte.com, a negociação com Walter Montillo, principal reforço do Botafogo para 2017. Segundo o mandatário alvinegro, foi uma negociação simples, rápida e objetiva, apesar do suspense vivido pela torcida.

“”O Montillo foi uma negociação simples. Impressionante. Simples, rápida, direta, sem concorrência ou contratempos. Começou bem, andou bem e acabou bem. A vontade dele de jogar no Rio de Janeiro foi fundamental. É claro que o momento do Botafogo pesou. Acabamos bem o Brasileiro, com vaga na Pré-Libertadores, mantivemos o elenco e a boa imagem, com os salários em dia. Tudo isso influenciou. É um jogador diferenciado, capaz de motivar a torcida, capaz de ser um fator de alavancagem do Sócio-Torcedor. Sem dúvida pelo fato de sermos um mercado exportador, quando você traz um jogador desse nível, você traz a torcida para perto. O ídolo é fundamental. Tem que ter um ídolo no time.”  disse CEP

Carlos Eduardo ainda mencionou o goleiro Jefferson, já que o arqueiro já tem a condição de ídolo da torcida alvinegra. O presidente disse que teve medo de perder o goleiro em 2014.

“Por isso, no final de 2014, nosso maior medo era perder o Jefferson. Ele era nossa referência. E agora vem outros. O Camilo hoje tem essa condição, o Montillo vem para ser um ídolo, acho que o Canales tem potencial para ser também. É um jogador muito experiente, rival do Colo-Colo. Isso será mais um aperitivo. Ele já se apresentou bem. Vamos ver como ele volta nos treinos”. – afirmou o mandatário

O presidente, ainda matou a curiosidade de muitos torcedores botafoguenses, ao explicar o motivo pelo qual, a maior contratação do Botafogo na temporada, fez contrato apenas de 1 ano.

“Adaptação. O Montillo deixou claro que a família ocupa uma posição central na vida dele. Ele tem dois filhos, esposa… Apesar de o Rio de Janeiro ser uma cidade muito hospitaleira, sempre tem uma adaptação, especialmente para crianças pequenas. Ele é extremamente profissional. Esperamos que ocorra essa adaptação para que ele se sinta bem e depois a gente estenda esse vínculo”. disse CEP

Fonte: Torcedores.com e Globoesporte.com