Há exatos 20 anos, o Botafogo conquistava um dos títulos mais importantes de sua gloriosa história, o de campeão brasileiro de 1995. Após vencer a partida de ida, no Maracanã, por 2 a 1, o Glorioso foi à Vila Belmiro e empatou por 1 a 1 com o Santos, resultado que garantiu o caneco ao time da estrela solitária. O atual presidente, Carlos Eduardo Pereira, exaltou a conquista e parabenizou jogadores e dirigentes da época.

“Realmente é um título muito importante, que marcou um processo de reorganização do Botafogo, desde a saída do Emil Pinheiro. Ele saiu em 92, nós tivemos um 93 meio difícil, mas ainda assim com a conquista da Copa Conmebol, graças ao grande trabalho que o Aurito Ferreira desenvolveu como vice-presidente de futebol, montando um elenco, também, praticamente do zero. Em 94 o Botafogo fez uma grande campanha no Brasileiro, chegou praticamente, quase nas finais, e concluindo com o título de 95. Então, foi uma época muito boa, muito bonita da história do Botafogo, e muito importante, que exatamente 20 anos depois, a gente tenha voltado a conquistar um título de expressão nacional, com foi esse agora do Campeonato Brasileiro da Série B.”

Assim como aconteceu no Campeonato Carioca, quando enfrentou um jejum de 21 anos – de 1968 a 1989 -, em 2016, no Camponato Brasileiro da Série A, o Glorioso pode encerrar o mesmo tempo sem conquistar o título da elite do futebol brasileiro. Os botafoguenses, conhecidos por serem supersticiosos, esperam que a história se repita. Carlos Eduardo Pereira promete uma equipe competitiva para disputa da competição.

“É, sem dúvida alguma. Acho que esse número 21 foi exatamente aquele do jejum que nós passamos aqui, do Campeonato Carioca. E nada mais botafoguense do que cultivar certas superstições. E sem dúvida essa é uma muito bacana, muito bonita. E os botafoguenses podem ter certeza que nós estamos organizados e trabalhando para fazer a melhor campanha nesse Campeonato Brasileiro. Sabemos que é difícil, que é um campeonato muito competitivo. Então, a gente pode sonhar com uma equipe competitiva para enfrentar esses momentos aí.”

O presidente botafoguense aproveitou a entrevista para tranquilizar os torcedores sobre as perdas de jogadores que participaram da conquista da Série B. Carlos Eduardo Pereira afirmou que a reformulação já estava nos planos e a diretoria está trabalhando para montar um elenco à altura do clube.

“Aproveito a oportunidade aqui no Giro Esportivo para transmitir aos botafoguenses, que esse processo de reformulação do elenco é um processo que já era esperado da nossa parte, uma vez que montamos esse elenco para disputar a Série B. Ele foi muito bem, conquistou o campeonato, agora a Série A é um outro patamar e a diretoria está trabalhando para montar uma equipe competitiva e à altura das tradições do Botafogo”, encerrou.

Fonte: Super Rádio Tupi