O Botafogo chegou ao Rio no começo da noite desta quinta-feira (09) depois de conseguir avançar a terceira fase da Copa Libertadores e foi recebido com festa pelos torcedores presentes no Aeroporto Tom Jobim, o Galeão. Na visão do presidente Carlos Eduardo Pereira, o clube retornou às terras cariocas com algo além da classificação para a fase seguinte da competição continental, conseguiu recuperar o orgulho do torcedor.

– Em um clube de futebol, a gente não pensa somente em benefícios financeiro, pelo contrário. É o trabalho do resgate da autoestima dos botafoguenses, esse é o ponto mais importante. É o grande prêmio que a gente traz de Santiago – disse o presidente, que seguiu sua análise.

– Isso é muito importante, mas no futebol temos que ir galgando os degraus para que isso se consolide, uma vez que teve em um nível muito baixo em 2014. Estamos em um período bastante curto recompondo o clube, recolocando o Botafogo no seu devido lugar no futebol. Saímos da Série B, voltamos para a Série A e todos diziam que íamos ser rebaixados. Pelo contrário, fomos para a Libertadores. Agora já diziam que o Botafogo ia ter dificuldades. E teve. É uma grande competição, mas vencemos o primeiro obstáculo e agora estamos muito confiante para os próximos – afirmou.

Durante a recepção, os torcedores fizeram a festa e gritaram o nome dos jogadores, que desembarcavam após o empate em 1 a 1, com o Colo-Colo, no estádio Monumental, em Santiago. Eufóricos, os Alvinegros entoaram canções para os atletas do time e ensaiaram provocações para o Flamengo, rival do próximo domingo (12).

A partida contra o Rubro-Negro acontece às 19h30, no Estádio Nilton Santos e a Rádio FutRio transmite ao vivo o encontro válido pela 5ª rodada da Taça Guanabara.

Fonte: FutRio