Ter um jogador do porte de Seedorf não traz apenas um aumento nas finanças do clube ou mais torcedores presentes nos estádios. A passagem do holandês, que virou técnico do Milan, pelo Botafogo deixou um legado. Este é o pensamento do presidente Mauricio Assumpção. Segundo o dirigente, o exemplo de profissionalismo do craque fez muitos jogadores, sobretudo os da categorias de base, crescerem profissionalmente.

“Ele foi importante para tornar o Botafogo grande de novo e ele foi mais fundamental ainda para o projeto que irá deixar um legado para o Botafogo, que é a divisão de base do clube. O que ele foi importante para esses meninos, o Seedorf não tem ideia! O quanto eles olhavam para o Seedorf e viam um exemplo de profissional, atleta e de homem. Ele não faz ideia de quanto é importante um menino da base jogar ao lado do seu ídolo”, comentou o mandatário.

Seedorf recebe uma lembrança de Mauricio Assumpção

Foto:  Fabio Gonçalves / Agência O Dia

O dirigente também comentou que, antes de contratar o camisa 10 holandês, poucos acreditavam que Seedorf iria vestir a camisa do Botafogo.

“Quando alguns anos atrás eu estive em Milão e conversei com o Clarence pela primeira vez, as pessoas não acreditavam que o Seedorf iria vestir a camisa do Botafogo. Quando isso se tornou realidade e nós tivemos esse profissional com toda esse quilate e categoria e trouxe, foi muito importante para a torcida e para o clube, porque engrandeceu ainda mais essa instituição”, disse.

Seedorf não ajudou apenas em campo com gols e assistências. Ele foi importante para transformar a mentalidade do clube. O profissionalismo e a experiência contribuíram. O holandês deu conselhos em questões como alimentação, comportamento, estrutura. Isso até incomodou alguns, mas faz parte do legado de um vitorioso.

“Desejo o melhor ao Botafogo. Meu desejo maior é que o Botafogo possa manter a autoestima, manter o profissionalismo e o que construímos. Com certeza o nível geral dentro do Botafogo melhorou graças ao empenho de todo mundo. As pessoas que estão aqui têm condições de manter o Botafogo onde está. Não só tecnicamente melhoramos, mas a mentalidade também. Isso que traz resultados”, afirmou.

Seedorf deixou legado no Botafogo

Foto:  Carlos Moraes / Agência O Dia

Confira os números da carreira de Seedorf:

Jogos

Botafogo 81 jogos e 24 gols

Milan 456 jogos e 52 gols

Inter de Milão 93 jogos /14 gols

Real Madrid 159 jogos e 20 gols

Sampdoria 34 jogos e 4 gols

Ajax 90 jogos e 11 gols

Holanda 87 jogos e 11 gols

TOTAL

1000 jogos e 136 gols

Fonte: O Dia Online