Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Taça Rio

09/05/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Nova Iguaçu
NOV

X

Escudo Botafogo
BOT

Carioca

02/05/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

0

X

0

Escudo Nova Iguaçu
NOV

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

4

X

0

Escudo Macaé
MAC

Pressionada pela Ferj, CBF rompe com a Liga Sul-Minas-Rio e torneio pode crescer

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Pressionada pela federação carioca (FERJ), a CBF voltou atrás e propôs ao CEO da Liga Sul-Minas-Rio – batizada de Primeira Liga -, Alexandre Kalil, uma assembleia geral ao lado das entidades estaduais, dentro de uma semana, para confirmar o campeonato. A sugestão foi feita em reunião nesta segunda-feira, no Rio de Janeiro, e rejeitada prontamente pelo dirigente. Os dois lados estão oficialmente rompidos.

“A casa do atraso (CBF) continua a mesma”, disse Kalil.

Na próxima sexta-feira, uma reunião entre os membros fundadores será realizada em Belo Horizonte e não está descartada nem mesmo uma mudança no formato inicial de cinco datas.

Uma das possibilidades é que a competição venha agora a ser disputada em 19 datas, se desenrolando ao longo de todo o primeiro semestre.

A princípio, após encontro anterior, havia ficado acertado que a CBF cuidaria do aspecto técnico da Primeira Liga, com arbitragem, calendário e regulamento, a exemplo do que também acontece no Nordestão.

O novo posicionamento foi apresentado pelo diretor financeiro Rogério Caboclo nesta tarde.

Procurado pelo ESPN.com.br, Caboclo não atendeu as ligações.

Ao contrário das reuniões anteriores, o presidente Marco Polo Del Nero não esteve presente.

A Liga Sul-Minas-Rio conta hoje com 15 clubes – América-MG, Avaí, Atlético-MG, Atlético-PR, Chapecoense, Coritiba, Criciúma, Cruzeiro, Figueirense, Fluminense, Flamengo, Inter, Joinville, Grêmio e Paraná – e ainda o interesse de diversos outros em entrar, caso do Goiás e de um bloco de times da Série B.

Conforme mostrado anteriormente pela reportagem, o campeonato pode acontecer, ainda assim, com o apoio técnico da federação catarinense, não deixando de lado a possibilidade de contratação de árbitros do exterior para comandar suas partidas.

A tabela será anunciada na próxima segunda-feira, de acordo com Kalil.

Notícias relacionadas
Comentários