Após o técnico do Botafogo, René Simões, lamentar a “pena de morte” que Jobson foi sentenciado com os quatro anos de suspensão pela Fifa, o jogador tenta voltar ao trabalho. Ele foi punido por ter se recusado a realizar um exame antidoping quando jogava na Arábia Saudita, em 2014.

Com 27 anos, Jobson se mostra determinado em manter a forma e tem surpreendido por seu comportamento responsável. Jobson foi punido e dispensado de clubes por onde passou justamente pela irresponsabilidade.

O atacante foi punido no dia 24 de abril e desde então tem vivido e treinado isolado. Ele não pode ir ao clube treinar, mas o Botafogo tem acompanhado o jogador. Ele recebe diariamente a visita de preparador físico.

Fonte: FutNet