A CBF colocou em seu site oficial que o clássico entre Flamengo e Botafogo seria realizado no Estádio Raulino de Oliveira. No entanto, a Prefeitura de Volta Redonda publicou uma nota explicando que não foi procurado por ninguém da entidade e desconhece que o local da partida seja na cidade, pegando muita gente de surpresa.

A ideia da diretoria do Mengão era jogar na Arena da Ilha, o que foi descartado pela CBF. Sem o Maracanã, a opção seria jogar em Volta Redonda, só que esqueceram de avisar a prefeitura, que toma conta do estádio.

Agora ninguém sabe se o duelo irá mesmo acontecer ou terá o local adiado. A CBF, inclusive, alterou o horário de Fluminense e Vitória para dar um descanso ao efetivo da Polícia Militar. O pelotão de Volta Redonda também não foi avisado.

Confira a nota oficial da Prefeitura de Volta Redonda:

“Até o momento, a prefeitura de Volta Redonda não foi notificada oficialmente pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), e nem pelo clube mandante, sobre a realização da partida entre Flamengo x Botafogo (domingo, dia 2, às 11 horas), no estádio Raulino de Oliveira.

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, se preocupa com as questões de segurança para esse importante clássico. O GEPE (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios) sempre faz segurança em jogos deste nível, mas, até o momento, ainda não manifestou oficialmente o apoio policial ao clássico. Desta maneira, a prefeitura não confirma a realização da partida entre Flamengo x Botafogo na cidade de Volta Redonda, sem a garantia de segurança.

Fonte: Futebol Interior