R. Marques: ‘1 ponto não é tão ruim. Esperamos torcida no DF’

Compartilhe:

O atacante Rafael Marques também lamentou os erros da equipe, mas reclamou dos acréscimos que os árbitros determinaram nas duas partidas: 5 minutos. Por outro lado, o jogador diz que o ponto conquistado no Independência será importante para o Botafogo na sequência da competição.

“Segundo jogo já que isso ocorre. Não sei se cinco minutos era todo tempo que ele achou que tinha que dar, é duro. Não adianta lamentar agora, mais um empate num jogo que tem um gosto bem amargo. Mas um ponto aqui não é tão ruim, o Atlético-MG é uma grande equipe e merece respeito. Agora temos que ir para Brasília, esperar que a torcida compareça como tem feito para buscarmos a vitória independente do que aconteceu hoje”, afirmou.

“Sem duvida. É a segunda vez que ocorre e me entristece muito, pois é uma situação que eles mesmo se alertam. Conseguimos afastar essa situação contra o Vasco. Hoje infelizmente ficaram todos congelados em uma bola de 40 metros. Precisávamos de outra atitude. Foi uma falha coletiva. Conseguimos evitar o jogo todo. O Atlético-MG foi sempre assim com bolas alçadas. Não tentou entrar com bola dominada. Conseguimos até o ultimo lance”, comentou o técnico Oswaldo de Oliveira.

Com o resultado, o Botafogo perde a liderança do Campeonato Brasileiro para o Cruzeiro, que tem os mesmos 24 pontos, mas com saldo de gols superior – 15 a 8. O Alvinegro volta a campo neste sábado, às 18h30, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.



Fonte: UOL
Comentários