Atacante renovou contrato com o Plameiras por duas temporada e segue comemorando o acerto. Em coletiva de imprensa na Academia de Futebol, na manhã desta quarta-feira, o jogador afirmou que gostaria de mudar a imagem que tinha no clube desde 2004, em sua primeira passagem, e ainda cutucou o Botafogo, seu ex-clube no Brasil.

Que Rafael Marques queria renovar com o Palmeiras, todo mundo sabia. O próprio jogador fez questão de destacar seu desejo em algumas entrevistas, como durante a comemoração do tricampeonato da Copa do Brasil, no fim de 2015. No entanto, seu clube na China fazia jogo duro e não negociava o jogador em definitivo com o Verdão, uma vez que os números não agradavam.

Três negativas depois, o Henan Jianye cedeu e o Palmeiras fechou com Rafael Marques por mais duas temporadas. Para o atacante, o negócio significa ter uma sequência de trabalho, aquele em que ele lutou para desfazer a imagem negativa de sua primeira passagem pelo Verdão, em 2004.

“Desde a minha primeira coletiva, deixei bem claro que queria ficar. Se conseguisse mostrar meu valor, fazer meu trabalho em campo, e as coisas dessem certo, título, era meio caminho andado. Infelizmente, foi empurrando. Mas sempre deixei claro que queria permanecer, até porque já tinha passagem por aqui em 2004. Queria mudar aquela imagem que ficou”, comentou Rafael Marques.

O atacante seguiu falando sobre o assunto, inclusive com o objetivo de voltar à Libertadores alcançado. Ao tocar justamente neste ponto, Rafael Marques deu uma cutucada no Botafogo, seu ex-clube no Brasil.

“No ano passado, consegui [mudar aquela imagem]. Não era justo conseguir o que conseguimos e deixar de mão beijada, como aconteceu no Botafogo. Lutamos muito lá para ir à Libertadores, e o Botafogo me vendeu para a China”, disparou.

“Hoje estou aqui, feliz demais. Vou procurar realizar meu sonho, que é brigar pelo título da Libertadores. Foi um dos objetivos que me fizeram voltar ao Brasil”, finalizou Rafael Marques.

Fonte: Torcedores.com