O Atlético-PR virou exemplo em administração financeira. Ao menos é o que afirma um estudo divulgado pela Pluri Consultoria nesta segunda-feira. De acordo com o documento divulgado, o clube de Curitiba aparece com melhor indíce de saúde financeira no futebol brasileiro, com um ISF (Indíce de Saúde Financeira) 8,23. A equipe, no entanto, apresentou uma pequena piora no indicador em relação a última análise devido ao endividamento para a construção da Arena da Baixada. Atrás do Atlético-PR, aparecem a Chapecoense, com ISF 8,17 e o Criciúma com 8,07. A base da pesquisa consiste nos relatórios financeiros emitidos da temporada anterior.

O Botafogo está em 28º, numa lista de 30 clubes – aparece à frente apenas de Portuguesa e Guarani. Confira abaixo a lista completa:

1) Atlético-PR – 8,23
2) Chapecoense – 8,17
3) Criciúma – 8,07
4) Sport – 8,03
5) Vitória – 7,83
6) Corinthians – 7,63
7) São Paulo – 7,45
8) Internacional – 7,32
9) Cruzeiro – 7,06
10) Atlético-MG – 6,66
11) América-MG – 6,65
12) Paraná – 6,57
13) Joinville – 6,40
14) Avaí – 6,26
15) Coritiba – 6,25
16) Náutico – 5,96
17) Flamengo – 5,82
18) Palmeiras – 5,74
19) Santos – 5,72
20) Goiás – 5,67
21) Fluminense – 5,57
21) Grêmio – 5,57
23) Vasco – 5,55
24) Santa Cruz – 4,87
25) Bahia – 4,61
26) Ponte Preta – 4,60
27) Figueirense – 4,57
28) Botafogo – 4,20
29) Portuguesa – 3,18
30) Guarani – 2,38

Fonte: iG e Redação FogãoNET