Além do sonho de virar profissional, o Botafogo proporcionou algo único na vida de Daniel: treinar ao lado de Seedorf, um dos maiores meias em atividade.

O garoto não cansou de elogiar a postura do camisa 10 nos vestiários do Glorioso. Para ele, Seedorf ainda desequilibra.

– Ele procura sempre orientar não só os garotos, mas o time todo. Ele é um diferencial do Botafogo no dia a dia e é como se fosse um pai de todos. Procuro sempre ouvi-lo e aprender – garantiu Daniel, com os pés no chão:

– Estar no mesmo plantel que ele é um sonho. Agora sonho em jogar com o Seedorf, mas vou com calma. Ainda falta um caminho a percorrer.

 
Fonte: Lancenet!