O Botafogo venceu o Botafogo-PB por 4 a 2 e se garantiu na segunda fase da Copa do Brasil – enfrentará o Capivariano, ainda sem data definida. O jogo, no entanto, guardou fortes emoções para o torcedor carioca. Com atuação desleixada, o Alvinegro viu os paraibanos incomodarem durante os 90min e deixar o clima bastante apreensivo.

O zagueiro do Botafogo Renan Fonseca não perdoou o desempenho da equipe. Segundo ele, o time não mostrou a mesma disposição das demais partidas na temporada e isso foi determinante para que o duelo com o xará da Paraíba tenha sido tão duro.

“Importante foi a classificação. Mas ficou claro para todo mundo que não foi nosso melhor jogo. Faltou espírito e técnica. Mesmo sem ser uma grande partida nossa, fizemos quatro gols. Temos que ajustar algumas ciosas, porque sábado temos o Fluminense pela frente”, disse Renan.

Vaiado na partida após falhar no segundo gol do adversário, Thiago Carleto tentou explicar o porquê de tanta dificuldade para eliminar o Botafogo-PB. Segundo o lateral esquerdo, o adversário tem muita velocidade e gerou complicações para o sistema defensivo do Alvinegro.

“Sabíamos das dificuldades. Lá (na Paraíba) foi a mesma coisa. Time deles é muito rápido, como é característico das equipes do Nordeste. Estamos em meio de uma maratona de jogos, mas não dava para poupar, pois a Copa do Brasil é importante. Vamos para outra final no sábado”, afirmou.

Classificado para a segunda fase da Copa do Brasil, o Botafogo terá pela frente o Capivariano. O primeiro jogo será em São Paulo e caso o Alvinegro não vença por dois gols de diferença, haverá um segundo jogo no Engenhão. Ambas as partidas não têm data definida. O time de General Severiano agora, volta a pensar no Carioca. Neste sábado, ele decide uma vaga na final do Estadual com o Fluminense, no Estádio Nilton Santos.

Fonte: UOL