Passada a vitória de 1 a 0 sobre o Coruripe, no interior de Alagoas, pela estreia na Copa do Brasil, o Botafogo volta as suas baterias para a partida do próximo domingo, às 18h30 (horário de Brasília), contra o Bangu, em São Januário, pela penúltima rodada da Taça Guanabara. Na terceira posição com oito pontos conquistados, o Glorioso pode garantir a classificação para as semifinais se vencer e o Fluminense derrotar o Volta Redonda. Essa possibilidade, porém, parece não animar os alvinegros.

“Não podemos pensar que temos que conseguir a classificação na próxima rodada. Temos que tentar ganhar os dois jogos que nos restam, pois dependemos dos nossos próprios resultados e todos sabem que isso é o mais importante no futebol”, disse o zagueiro Renan Fonseca.

O lateral-esquerdo Diogo Barbosa concordou: “O Botafogo vem fazendo uma campanha segura e depende do próprio resultado para garantir a classificação para as semifinais. A maior preocupação aconteceria se a gente dependesse de outros resultados. Vamos a campo pensando apenas em vencer o Bangu, independentemente do que acontecer nas demais partidas”.

Para o jogo contra o Bangu, o Alvinegro segue sem poder contar com o volante Aírton, com estiramento muscular na coxa esquerda. Ele foi avaliado pelo departamento médico e deverá ficar cerca de vinte dias afastado dos treinos. Dificilmente deve voltar a jogar pelo Campeonato Carioca. Ricardo Gomes pode optar por Fernandes, que vinha sendo mantido no setor, ou Diérson, que tornaria a equipe mais defensiva. Ambos, porém, devem ir a campo no fim de semana, já que outro atleta da proteção aos zagueiros Bruno Silva, cumpre suspensão por ter recebido o terceiro cartão amarelo.

Fonte: Gazeta Esportiva