Sempre com um olhar diferente, o técnico René Simões avaliou que a vitória de virada do Botafogo por 2 a 1 sobre o Nova Iguaçu, neste sábado, no Engenhão, trouxe um aprendizado para a equipe. O treinador lembrou que, até então, o time ainda não havia saído atrás do placar nenhuma vez no Campeonato Carioca.

“Eu gostei da lição. Acho que esse time estava precisando disso. Até agora não tínhamos feito nenhum jogo saindo atrás do placar para virar. Embora eu quisesse virar ainda no primeiro tempo, fiquei muito satisfeito de não ter virado para fazer o intervalo atrás. Isso é muito bom. Tem muita coisa de aprendizado nisso aí. O time suportou bem o vestiário, dei oportunidade para eles se colocarem. Hoje foi o melhor jogo em termos de aprendizado”, avaliou.

Para ele, uma das lições foi lidar com o clima de favoritismo que prevalecia antes da bola rolar contra o Nova Iguaçu.

“Outra coisa que foi boa é que se falava em goleada, em assumir a liderança, a questão de fazer gol para acumular saldo… Foi um aprendizado. Não se pode achar que a teoria vai se realizar dentro da prática. Foi excelente o jogo. Fico muito satisfeito pelo aprendizado”, enfatizou.

Por fim, René Simões fez questão de enaltecer o comportamento da torcida, que apoiou mesmo quando o time estava perdendo.

“Sempre ouvi dizer que a torcida do Botafogo é impaciente e não dá suporte, e eu não ouvi nenhuma vaia quando estávamos perdendo. Ou não me contaram uma verdade ou não eram torcedores do Botafogo. O tempo todo eles nos apoiaram. O máximo que eu ouvi foi o “hum”, quando a bola não estrava. Eu fiquei encantado com a torcida do Botafogo”, elogiou.

O Alvinegro está momentaneamente na liderança do Campeonato Carioca, mas poderá ser ultrapassado pelo Flamengo caso o Rubro-Negro vença sua partida neste domingo.

Fonte: UOL