Nesta quinta-feira (25), o técnico René Simões deu uma entrevista exclusiva para a Super Rádio Tupi. O comandante falou sobre o período de reciclagem no futebol que, de acordo com o que pensa, já vem desde 2012, quando teve uma passagem sem sucesso como Gestor de Futebol do Vasco. Após o Cruzmaltino, René dirigiu o Atlético-GO, além de fazer vários cursos para retornar ao trabalho de campo como treinador. Com a incumbência de levar o Botafogo à primeira divisão de 2016, o ano de 2015 promete ser, para o Glorioso, de contensão financeira, de trabalho e de reconquista da auto-estima do torcedor.

“Eu fiz cinco cursos me preparando para retornar ao campo porque eu estava incomodado. Hoje eu estou muito mais preparado para trabalhar e o Botafogo vai precisar de muito trabalho dentro de campo. E, se não vamos ter os melhores jogadores por conta das condições financeiras, temos que ter o time mais treinado e com melhor desempenho para que o jogador dê 100% do que é preciso.”

Neste ano, o Vasco conseguiu o reingresso à primeira divisão, mas recebeu muitas críticas por parte da torcida e também da imprensa, já que apesar da classificação, não apresentou um futebol bonito. René Simões garante que quer o seu time para frente, mas não esconde que o principal objetivo é retornar à elite do futebol brasileiro.

“Eu quero desempenho, quero que o jogador dê 100% daquilo que ele pode. E eu gosto de futebol bonito, mas tem que entender que tem que voltar para a Série A. Quero que o jogador desempenhe bem, quero me sentir feliz quando acabar um jogo. Ninguém controla o resultado, mas estabelecemos uma meta, que é voltar para a primeira divisão.”

Fonte: Super Rádio Tupi